Pesquisar este blog

22 de abr de 2011

Tarso irá consultar especialistas antes de decidir sobre projeto de lei contra estrangeirismos

Projeto de autoria do deputado Raul Carrion obriga tradução de palavras como smartphone e shopping center

O governador Tarso Genro vai consultar especialistas, antes de decidir sobre o projeto de lei contra o uso de estrangeirismos no Estado, aprovado ontem pela Assembleia Legislativa. Não está descartada a realização de uma audiência pública, segundo informou a assessoria do governador.

Tarso criticou a ridicularização em torno do projeto e lembrou que a França e o território de Quebec tomaram medidas de proteção ao idioma. No entanto, não descartou a possibilidade de vetá-lo em função das dificuldades em sua aplicação.


 
"Nem todos os termos têm tradução", diz gramático

O principal argumento do deputado Raul Carrion, ao defender seu projeto de lei contra o uso de estrangeirismos, é rechaçado pelo gramático Claudio Moreno.
 
— A língua portuguesa não precisa de defesa — garante o professor.

Segundo Moreno, o uso de palavras consideradas estrangeirismos — termo com o qual ele não concorda — tem relação com a influência que toda língua pode sofrer. Para o professor, um projeto como este fere o direito de livre expressão do cidadão.

E faz um desafio:

— Experimente viver sem termos como outdoor, chip, modem, on line, sundae, zoom? Não existe um termo, em português, que possa traduzir o real sentido que damos hoje a essas palavras — explica.

Confira a lista sugerida pelo professor — nem todos os termos tem origem do inglês, mas são considerados estrangeirismos. Que tradução vocês daria a essas palavras?

banner
best-seller
blitz
chip
couvert
crawl
free-lance
geek
hacker
impeachment
influenza
kosher
modem
nerd
on line
outdoor
paparazzi
pen drive
pizzaiolo
rally
spa
sundae
swat
zoom
chat

Do clicrbs

Nenhum comentário: