Pesquisar este blog

21 de abr de 2011

Estudante é preso na UFSM após espalhar conteúdo discriminatório na internet

Um estudante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) foi detido pela Polícia Federal na manhã do último sábado. O universitário, de 34 anos, já era investigado pela Polícia Civil.

Ele foi preso após denúncia feita à Ouvidoria da UFSM por "comportamento estranho" e divulgação de material contendo supostas ameaças à ordem pública na internet. Os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão no apartamento do suspeito, que morava na Casa do Estudante, no Campus.

Segundo a PF, ele teria um perfil falso em uma página de relacionamentos na internet com conteúdo discriminatório contra africanos, judeus e mulheres. Em uma das comunidades do site, há uma mensagem pregando o "fim da raça humana", defendida por uma suposta organização denominada "Frente Anti-humana

O detido foi encaminhado ao Hospital Psiquiátrico da Universidade e depois ao Instituto Psiquiátrico Forense (IPF), em Porto Alegre.
O reitor da UFSM, Felipe Müller, confirmou o caso e afirmou não haver motivo para pânico. Müller também disse que não há razão para comparar o comportamento com o de Wellington Oliveira de Menezes, o atirador que matou 12 adolescentes em uma escola no bairro Realengo, no Rio de Janeiro, no último dia 7. "Uma denúncia chegou à Ouvidoria e, a partir disso, foram averiguados os fatos. Como já havia outra situação em que ele teria se envolvido, contatamos com o Ministério Público, que acionou a Polícia Federal, que realizou a prisão", explicou Muller.

O universitário foi militar do Exército, fez curso na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) e foi desligado. Segundo Schneider, o suspeito tentou resistir à prisão, sendo preciso o uso de algemas para encaminhá-lo ao hospital.
 
Jornal A Razão

Nenhum comentário: