Pesquisar este blog

11 de mar de 2011

A luta pela transmissão do Campeonato Brasileiro não acabou. Foi apenas o primeiro round…

Não acabou.

Apesar de toda a festa feita pelo representante da Rede TV!

A transmissão dos Campeonatos Brasileiros de 2012, 2013, 2014 não está definida.

A postura do Clube dos 13 em sacramentar o acordo é legal.

Mas valeria no mundo de Alice.

Da Idade da Pedra, os clubes vislumbraram a Modernidade.

Descobriram o poder da palavra marketing.

Querem ganhar o que puder.

A transmissão de seus jogos é fundamental para atrair novos patrocinadores na camisa.

Ser a maior fonte de arrecadação.

Responsável pelo dinheiro para montar times fortes.

Pagar suas imensas e irresponsáveis dívidas.

Como os presidentes dessas equipes que, juntas, devem bilhões de reais vão aceitar ganhar menos do que podem?

Que explicação darão aos membros de suas diretorias, aos sócios, aos torcedores, aos familiares?

Aceitar ganhar menos porque o Clube dos 13 aceitou uma proposta menor?

Os presidentes prometem reverter a situação dada como concretizada hoje.

Como muitos já receberam cotas de 2012, buscam acordos paralelos para devolver o dinheiro.

E pretendem continuar negociando com as maiores emissoras do país.

A Rede TV! tem alcance limitado.


Não chega a todo o Brasil.
Vai precisar amarrar acordos.

A direção do Clube dos 13 não quer outra emissora auxiliando a vencedora da licitação.

Nada como vem ocorrendo com Globo e Bandeirantes.

Como a Rede TV! vai fazer?

O próprio Fabio Koff se mostrava inseguro na saída da reunião em São Paulo.

Ele sabe que não está nada decidido.

Mas tem plena consciência da enorme derrota política.

Perdeu a briga para Andrés Sanchez e Ricardo Teixeira.

O racha que os dois provocaram, convencendo os clubes a negociar separadamente, é grande demais.

A negociação envolvendo a transmissão pela TV aberta no próximo triênio chegou a R$ 1,5 bilhão.

Fábio Koff sabe que poderia chegar perto do dobro dessa quantia.

Os presidentes dos grandes clubes brasileiros sabem.

E não vão virar as costas a tanto dinheiro.

Ninguém seria tão irresponsável, tão omisso...

Tanto que já existem presidentes ligando a executivos das principais TVs do país.

E prometem ir à Justiça se for preciso para negociar o que for melhor para o seu clube.

O que aconteceu hoje pela manhã foi só o primeiro round.

A luta de verdade começa agora...











































Nenhum comentário: