Pesquisar este blog

24 de fev de 2011

Verdades sobre o C13 x dissidentes

É compreensível a dissidência de FLA, FLU, VASCO, BOTAFOGO e CORINTHIANS.

No ano passado todos lembram a tentativa da CBF em influenciar na eleição no C13.

De um lado o gaúcho Fábio Koff e Juvenal Juvêncio (ligados aos três maiores clubes em número de sócios no Brasil: Inter, SP e Grêmio)

De outro lado Kleber Leite e os cariocas, os clubes mais endividados do País.

Casualmente os 5 líderes da debandada, ESTÃO ENTRE OS SEIS CLUBES MAIS ENDIVIDADOS DA NAÇÃO (http://blogs.abril.com.br/blogdojj/2010/02/divida-dos-clubes-brasileiros-em-2009.html):

Dívidas dos clubes Brasileiros 2009
# Clube Reais Euros

1 Vasco da Gama 377.854.000 145.739.000
2 Flamengo 333.328.000 128.529.000
3 Fluminense 320.721.000 123.668.000
4 Atlético-MG 283.334.000 109.252.000
5 Botafogo 265.424.000 102.380.000
6 Corinthians 255.164.000 98.423.000
7 Palmeiras 197.229.000 76.076.000
8 Internacional 176.906.000 68.237.000
9 Santos 175.565.000 67.719.000
10 Portuguesa 155.598.000 60.018.000
11 Grêmio 154.638.000 59.651.000
12 São Paulo 148.380.000 57.237.000
13 Cruzeiro 131.578.000 50.755.000
14 Vitória 91.313.000 35.223.000
15 Coritiba 52.994.000 20.442.000
16 Náutico 49.857.000 19.232.000
17 Atlético-PR 37.028.000 14.283.000
18 Paraná 27.303.000 10.532.000
19 Figueirense 10.940.000 4.220.000
20 São Caetano 3.137.000 1.210.000
21 Barueri 539.000 207.000

 
Dos 6 clubes dissidentes, apenas o Corinthians tem um número expressivo de associados. Já Flamengo, Botafogo, Fluminense não aparecem nem entre os TOP 10.

Mais da metade dos sócios dos clubes brasileiros estão no Rio Grande do Sul e no Paraná.

Número de Sócios dos Clubes 2009
BRASIL
Internacional PA 100.000
Grêmio PA 53.000
Corinthians 46.000
São Paulo 42.000
Vasco da Gama 28.000
Santos 25.000
Atlético PR 22.000
Cruzeiro 18.000
Coritiba 18.000
Ceará 10.000

Hoje sabe-se que o Internacional não tem 100.000 sócios em dia, mas próximo de 80.000; que o Grêmio tem em torno de 60.000 e que o Atlético-MG entrou forte na lista.

Os clubes que preferem a Globo, e não têm coragem de romper com o status vigente, são os mais endividados, os que menos tem sócios, e também os que menos tem títulos internacionais:

Grupo dissidente - Corinthians, Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco e Coritiba
1 mundial e 1 uma libertadores

C13 - São paulo, Inter, Grêmio, Santos e Cruzeiro (nem precisa os outros)
7 mundiais e 11 Libertadores

Também no quesito riqueza os dissidentes ficam para trás.

Lista dos 10 clubes mais ricos do futebol brasileiro de acordo com a receita total acumulada entre 2006 e 2007:
Em milhões de reais
1º. São Paulo = 190
2º. Internacional = 155,8
3º. Corinthians = 134,6
4º. Grêmio = 109
5º. Flamengo = 89,4
6º. Palmeiras = 86,2
7º. Cruzeiro = 77,6
8º. Juventude = 62,1
9º. Atlético-MG = 58,3
10º. Atlético-PR = 54

A Globo tem sustentado a vigência das coisas como estão, enfiando goela abaixo do grande público doses homeopáticas de Flamengo e Corinthians, e isso não causa pouco, ou nenhum efeito benéfico ou econômico aos clubes apaixonados pela rede da família Marinho.

Claro, exceto as preferências em pesquisas IBOPE, eis que maciça parcela da população declaram preferência por FLA e TIMÃO, em diversos estados no NO, NE e também no PR e SC.

Só que esta parcela da população limita-se a consumir o produto GLOBO, não se associa ao clube, muito menos consome produtos equivalentes ao suposto tamanho da torcida. Basta ver que mesmo com toda a mídia global em seu favor, o Flamengo praticamente não tem vantagem nenhuma sobre seus concorrentes, e o Corinthians sequer estava entre os cinco mais vendedores de camisetas entre 2006 e 2009:

Ranking de venda de camisas de times brasileiros
Média mensal de venda de camisas (Período 2006 a 2009)
1- Flamengo – 18.697
2- Atlético MG – 17.112
3- São Paulo – 16.864
4- Atlético-MG – 15.514
5- Palmeiras – 13.876
6- Grêmio -12.402
7- Vasco – 11.098
8 – Inter/RS – 10.996
Fonte: Revista Vip

Nem se fale que o estado de SP tem mais de 10 milhões de habitantes só na capital, população equivalente ao Estado do RS inteiro, e que supostamente, Fla e Corinthians têm torcida em quase todos os estados do Brasil, graças ao fator Rede Globo.

O ranking de Centros de Treinamento não deixa pedra sobre pedra e versa sobre as melhores estruturas entre as equipes que disputam o Brasileirão.

O estudo foi feito em parceria da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e uma emissora de TV a cabo (SPORTV).

1º – ATLÉTICOMG – 3.538 pontos
2º – Atlético-PR – 3.509
3º – Cruzeiro – 3.465
4º – São Paulo – 3.447
5º – Santos – 3.142
6º – Palmeiras – 3.107
7º – Internacional – 3.032
8º – Goiás – 2.993
9º – Grêmio – 2.964
10º – Botafogo – 2.814
11º – Flamengo – 2.690
12º – Vasco – 2.650
13º – Corinthians – 2.439
14º – Fluminense – 2.297
15º – Avaí – 2.255
16º – Guarani – 2.252
17º – Atlético-GO – 2.156
18º – Vitória – 1.943
19º – Ceará – 1.705
20º – Grêmio Prudente – 395

O primeiro "dos dissidentes" aparece apenas em 10º lugar.

Por tudo isso é que se compreende a dissidência. Aos clubes endividados, sem lucros, sem sócios e nem CT, só resta a Globo e o seu suposto "valor agregado".

A chantagem é malandra e muito ingênua: achar que a record ou outra emissora, iriam fazer fiasco, ou que não teriam estrutura para transmitir o brasilerão.

Estrutura boa é Casagrande, Batista, Galvão, Tiago Leifert?

Onde esta a ótima estrutura que obriga o País todo a ver Corinthians e Flamengo todos os fim de semanas, e mal tem capacidade de regionalizar as transmissões?

Nenhum comentário: