Pesquisar este blog

9 de dez de 2011

Cerca de 80 moradores espancam traficantes na Barra da Lagoa, em Florianópolis

Eles apanharam até ficarem inconscientes, na noite de quarta-feira
Cerca de 80 moradores da Barra da Lagoa, no Leste da Ilha, em Florianópolis, se reuniram para linchar 10 jovens supostamente traficantes no bairro. Eles apanharam até ficarem inconscientes, na noite de quarta-feira.

A maioria dos agressores estava encapuzada. Segundo moradores, em entrevista ao Jornal do Almoço, nos últimos três meses o tráfico de drogas cresceu muito na região. Chegou ao ponto dos criminosos ameaçarem os nativos da Barra da Lagoa.

Revoltados com essa situação, os moradores se uniram e atacaram os jovens apontados como vendedores de drogas na comunidade. Na manhã desta quinta-feira, um jovem continuava internado em estado grave no hospital. Os outros nove já haviam recebido alta.

Também no JA, a população reclamou da falta de segurança na região. O posto da Polícia Militar no bairro foi fechado após a temporada de verão.

— O posto serve de ponto para venda de drogas e prostituição. Podia ter pelo menos uma viatura da polícia por aqui. Acredito que isso o que aconteceu aqui foi justiça com as próprias mãos — desabafou um morador que preferiu não se identificar.

Segundo o comandante do 4º Batalhão da PM, coronel Araújo Gomes, responsável pelo policiamento da área, o posto foi construído para atender apenas durante o verão. O posto da Lagoa da Conceição é quem cuida do patrulhamento na Barra, explicou o comandante.

— O posto da Lagoa foi totalmente reformado e recebeu novos equipamentos para atender à região. Com certeza, se o efetivo fosse maior, poderíamos pensar num posto na Barra, que é comunidade pequena. Mas como temos essa carência, precisamos definir prioridades no combate ao crime. Creio que essa indignação seja a mesma do policial, que prende e horas depois vê bandido solto — destacou o coronel.
 
DIÁRIO CATARINENSE E RBS TV

Nenhum comentário: