Pesquisar este blog

10 de mai de 2011

Tarso qualifica como "irresponsável" forma como foi anunciado fechamento de fábrica da Azaleia

Incomodado com a "comoção" criada a partir do fechamento da unidade da Azaleia em Parobé, o governador Tarso Genro investiu nesta terça-feira contra a empresa.

O governador reclamou especialmente da forma "irresponsável" como a indústria anunciou a desativação da unidade, sem aviso formal ou qualquer tipo de negociação com o Estado.

— Não fomos comunicados sobre a decisão da empresa, que recebeu benefícios fiscais homéricos do povo gaúcho. Aliás, o único comunicado foi o aviso-prévio dado aos empregados demitidos — disse o governador.
 
As declarações foram dadas durante o lançamento da 7ª edição da Feira Nacional de Agronegócio do Sul (Fenasul) e da 34ª Expoleite, no Palácio Piratini.


ZERO HORA
Tarso disse que não é contra a concessão de benefícios fiscais, desde que façam parte de uma estratégia de desenvolvimento. O governador disse que pediu um estudo à área técnica do governo para saber quanto a empresa usufruiu em incentivos fiscais. Tarso, entretanto, não informou se irá divulgar a informação.

Nenhum comentário: