Pesquisar este blog

13 de out de 2010

Entidades GLS reagem contra vice de José Serra

POR PRISCILLA COSTA

Rio – A polêmica envolvendo os candidatos a presidente e a vice José Serra (PSDB) e Indio da Costa (DEM) não se restringiu à política. A crítica de Indio ao Projeto de Lei 122, que transforma em crime a discriminação a homossexuais, ofendeu em cheio a comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais). Ontem, durante todo o dia, famosos e não-famosos expressaram revolta no Twitter.
 

“Isso foi um grande ultraje para todos os homossexuais deste país. O que eles pensam? Que somos cachorros? Não é assim”, observou o estilista e colunista de O DIA Carlos Tufvesson. “Nenhum deles é meu candidato. Não se trata de uma discussão partidária. Só desejo que as coisas sejam esclarecidas. Conheço os dois e sei que ambos são a favor do aborto e união de pessoas do mesmo sexo. Mas não se pode mudar, em função de angariar votos. Isso é a desqualificação da inteligência do eleitor”, avalia.

Tufvesson foi um dos primeiros a levantar o debate, às onze da manhã. “Proponho a mudança imediata do slogan da campanha Serra: Serra vai governar para todos os brasileiros”, postou no microblog. O candidato Indio rebateu: “Nossa candidatura defende todos os direitos civis dos homossexuais. E defende a liberdade de expressão religiosa, sem ofensas a ninguém”.

 
Também no Twitter, o ex-BBB Jean Wyllys, recém-eleito deputado federal pelo Rio e pelo PSOL, debateu a postura de Indio: “Que garantias esse candidato, se eleito, pode dar às minorias do País? Nenhuma. Certamente permitirá a histórica opressão delas”, postou.


O carnavalesco Milton Cunha comparou: “A caça ao voto desencadeou a caça às bruxas que abortam e às bichas que se amam. Fomos colônia de Portugal, somos colônia da hipocrisia”.

 
No Twitter
 
“Nos conhecemos pessoalmente. É lamentável ver uma declaração dessas. Uma liderança jovem de meu estado”
 
“Hoje me ponho à disposição da campanha de Dilma por não ver mais condições na de Serra”
Carlos Tufvesson, estilista e colunista de O DIA



“Como é, Indio da Costa? Realmente, gays saem de casa apenas pra transar em restaurantes?”
@wally tuitou às 18h



“Meo Deos! Esse Indio da Costa regula bem? Com um vice desses, Serra não precisa de inimigos”
@marciabianco tuitou às 19h


“O Serra tá sendo muito homofóbico. É esse presidente que o Brasil quer eleger?
AndreCeconelllo tuitou às 11h50

 
“A que ponto chega uma pessoa pra conseguir votos, a atitude dele é condenável”
@katiavalente tuitou às 12h


“Má fé dele dizer isso. É atentado ao pudor, seja entre gays ou héteros”
@primeirafila tuitou às 12h


“Essa declaração do vice do Serra é jogar sujo com a ignorância e o preconceito”
@primeirafila tuitou às 12h

 
“Não começam pelos gays. Já começaram há muito tempo comnas mulheres”
@jandiraqueiroz tuitou às 12h


“Diante de tanta hipocrisia, só tenho a dizer: voto nulo. Como queria a Marina Silva”
@JoelMSena tuitou às 14h


“E cai-se na manipulação do voto cristão e suas pressões”
 
“Numa eleição marcada por baixarias, deixa-se de discutir qual o melhor projeto”

“Estado e Igreja não devem se misturar”
Jean Wyllys, jornalista e deputado federal eleito


Por que não debatem planos de governo? Ah, esqueci, o Serra não tem um”
@RamonFacchin tuitou às 19h

do Blog do Crivella

Nenhum comentário: